Estudantes do curso de direito da Uniesamaz visitam Edifício-Sede do Tribunal de Justiça do Pará

  • Publicado em 28/05/2024
  • Notícias Direito
  • 43

Na última sexta-feira, 23 de maio, cerca de 30 alunos do 5º semestre do curso de Direito da Uniesamaz participaram de uma visita guiada ao edifício-sede do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA). A atividade faz parte do projeto “Museu Judiciário de Portas Abertas”, instituído pela portaria 3162/2023 e organizado pelo Serviço de Museu e Documentação Histórica do TJPA.

Essa visita especial marcou o encerramento da 22ª Semana de Museus no Judiciário Paraense e teve duração de três horas. Os estudantes começaram o tour na Biblioteca Desembargador Antônio Koury, onde assistiram a uma palestra ministrada por Elaine Ribeiro, chefe da Divisão de Biblioteca.

Supervisionados pelo professor Rafael Albuquerque, os estudantes foram guiados pelo Analista Judiciário e Diretor do Departamento de Documentação e Informação, Rodolfo Marques, e sua equipe, incluindo Edilson Moraes e a estagiária Nadine Farias. Durante a visita, os acadêmicos exploraram as escadarias principais, as galerias de presidentes do TJPA e a formação atual da Corte. Também conheceram o Salão Nobre da Presidência, o Memorial do Judiciário e o Plenário Des. Oswaldo Pojucan Tavares, onde observaram as vestimentas tradicionais dos magistrados, advogados e colaboradores.

Durante a visita os mediadores compartilharam informações sobre dois fatos inéditos no Poder Judiciário do Pará: o desembargador Agnano de Moura Monteiro Lopes, primeiro homem autodeclarado negro a liderar o Poder Judiciário estadual (1968-1975), e a desembargadora Lydia Dias Fernandes, a primeira mulher a presidir um Tribunal de Justiça no Brasil (1979-1980). Lydia Fernandes esteve na comitiva que recebeu o Papa João Paulo II em sua visita ao Pará.

O professor Rafael Albuquerque enfatizou a relevância da visita para a formação dos futuros bacharéis em Direito, destacando a acolhida recebida pelo TJPA. A acadêmica Karen Silva ressaltou a riqueza das informações apresentadas, especialmente os ineditismos e a forte presença feminina na Corte. Já o estudante Douglas Ferreira mencionou que a experiência ampliou sua compreensão sobre o Poder Judiciário e a História.

A visita dos alunos da Uniesamaz ao TJPA exemplifica a importância de atividades práticas e culturais na formação acadêmica, proporcionando uma visão mais abrangente e aprofundada do sistema judiciário e da história do estado do Pará.

Galeria de Imagens