Semana Acadêmica revela os mitos e verdades em Nutrição na Esamaz

  • Publicado em 04/11/2016
  • Notícias Nutrição
  • 644

Os alunos das nove turmas do Curso de Nutrição desvenderam os mitos e verdades sobre a alimentação saudável durante a Semana Acadêmica de Nutricão, que abriu nesta quinta-feira, dia 3,  na Unidade Municipalidade, em Belém. O evento contou com a presença do presidente do Grupo Almeida Gonçalves, Reinaldo Gonçalves.

Cada semestre ficou com um tema, entre eles a Nutrição Esportiva, Alimentação Funcional, Alimentação da Criança e do Idoso e a prevenção de doenças como Câncer de Mama e Câncer de Próstata. Até uma peça teatral foi criada para mostrar a importância do profissional Nutricionista para a sociedade. “ Queremos com isso valorizar a profissão, pois somente o profissional de Nutrição está habilitado para indicar uma alimentação adequada para cada paciente”, explicou a coordenadora do curso, a professora Darlene Ramos.
Várias turmas criaram receitas que valorizam os produtos regionais. A vantagem é que eles tem baixo custo e são rico em nutrientes. O caldo verde com jambu e camarão fez sucesso entre os visitantes dos stands de Nutrição no hall da Esamaz. Ele é feito sem nenhum tempero artificial. Também foram apresentados o Kibe de Soja e Geleía de Pimenta Regional.

Outra novidade que chamou a atenção foi Chopp de Açaí com Banana. Segundo a acadêmica  do 2º Semestre Suelem Miranda, uma das idealizadoras da receita, além de resgatar a cultura alimentar paraense, o chopp veio para desmitificar a idéia de que o açái não possa ser misturado com outras frutas ou outros ingredientes.

“ A nossa receita leva açaí, banana, leite desnatado e açúcar demerara. Não existe nada cientificamente comprovado de que a mistura do açaí com outras frutas cause algum mal. É um chopp saudável e nutritivo”, disse ela.

 A idéia principal da Semana Acadêmica de Nutrição é orientar as pessoas para evitar o consumo de produtos industrializados ou aqueles que são produzidos com usos de agrotóxicos. “ Troque tudo isso por produtos orgânicos e naturais. Abra menos embalagens e descasque mais”, disse a professora Darlene Ramos.

Texto: Christian Emanoel- Assessor de Imprensa/ Esamaz

Galeria de Imagens