O mercado de trabalho para quem cursa Farmácia

  • Publicado em 29/03/2017
  • Notícias Farmácia
  • 929

O farmacêutico é o profissional que estuda os mais diversos tipos de medicamentos, a forma como eles são vendidos e usados, como eles agem no organismo, qual a dosagem ideal e em que medida a quantidade ingerida passa a ser tóxica. É muita responsabilidade.

A forma como o nosso organismo elimina a medicação também é avaliada por esses profissionais. Além disso, a análise do conteúdo da vacina e de várias outras substâncias químicas também e feita por eles. Tudo isso você estuda no curso de graduação de Farmácia.

O curso de graduação em Farmácia

Você está preparado para continuar estudando física, química e biologia depois do ensino médio? Essas disciplinas serão bastante aprofundadas nesse curso. Serão, no mínimo, quatro anos de estudo intenso e muita dedicação.

Boa parte do curso de graduação em Farmácia tem um viés bastante prático. Prepare-se para passar a maior parte do tempo em laboratórios. Durante esse período, você irá estudar diversos tipos de drogas e suas ações no organismo.

Nos últimos semestres, o acadêmico tem a oportunidade de realizar estágios em farmácias comerciais, farmácias hospitalares ou em laboratórios farmacêuticos. Essas oportunidades servem para treinar e aperfeiçoar tudo o que foi apreendido durante o curso.

A profissão de farmacêutico

O farmacêutico atua auxiliando os demais profissionais da saúde ao oferecer formas de tratar as diversas enfermidades. Para conseguir exercer esse trabalho com excelência, estuda-se a formulação dos mais diversos medicamentos. A pesquisa também faz parte o dia a dia desses profissionais.


A cada semestre, novos e melhores medicamentos surgem com o intuito de aumentar o bem-estar da população e são os farmacêuticos os profissionais responsáveis por todas essas evoluções. Quem tem graduação em Farmácia também pode atuar no ramo de cosméticos e realizar testes em laboratórios, fazer análises clínicas, toxicológicas, físico-químicas e biológicas.

Como você pode ver, a profissão de farmacêutico é mais abrangente do que parece. Isso amplia o leque de oportunidades do recém-formado que pode trabalhar em diversos lugares como hospitais, drogarias, laboratórios e clínicas.

O mercado de trabalho

Nas últimas décadas, o aumento do poder de consumo do brasileiro aqueceu o mercado de cosméticos e quem se deu bem nesse novo cenário foram os farmacêuticos. Embora a concorrência seja grande, há muita demanda para esse profissional. Além disso, é obrigatório que toda drogaria tenha um farmacêutico presente. Essa exigênciaamplia a necessidade de profissionais formados nessa área.

 

Fonte: Blog do Enem.