Curso de Fisioterapia da Esamaz promove I Arraial Junino

  • Publicado em 10/06/2016
  • Notícias Fisioterapia
  • 474

Idosos atendidos pela Clínica de Fisioterapia da Esamaz participaram do I Arraial Junino promovido pelo Curso de Fisioterapia. A festa aconteceu no ginásio da unidade Municipalidade nesta sexta-feira, dia 10 de junho.

Durante a festa foram escolhidas três miss : Miss Caipira, Miss Simpatia e Miss Fisioterapia. Os idosos também dançaram quadrilha juntamente com os acadêmicos do Curso de Fisioterapia que atendem os pacientes na clínica. E claro não faltaram as deliciosas comidas juninas.

Segundo a coordenadora da Clínica de Fisioterapia da Esamaz, Érika Matsumura, a festa junina é uma forma de aumentar a interação entre os alunos e os pacientes. Atualmente 42 idosos de vários bairros de Belém são atendidos gratuitamente pelos acadêmicos do 9º Semestre de Fisioterapia, acompanhados de perto pelos professores e preceptores.

“Além do atendimento na Clínica de Fisioterapia, os idosos também recebem serviços de Biomedicina, Odontologia, Terapia Ocupacional e Psicologia. É um projeto multidisciplinar que beneficia o aprendizado dos acadêmicos e a qualidade de vida dos pacientes”, diz Erika.

Amanda Moraes é uma das estudantes que participa do projeto. Ela está no último ano do curso de Fisioterapia “É muito gratificante pra gente ver a felicidades dos idosos aqui nessa festa e também ver o resultado do tratamento que eles recebem na clínica. Muitos nem conseguiam andar e hoje já estão aqui dançando”, disse a acadêmica.

Dona Ilda Cavalcante, 71 anos, era uma da mais animadas da festa junina. Ganhou o título de Miss Caipira 2016. Ela faz tratamento na Clínica de Fisioterapia da Esamaz há 5 meses. “ Estou me sentindo bem melhor. Antes caia muito na rua com dores no joelho. Com as sessões de fisioterapia, minha saúde evoluiu”, disse ela.

O acadêmico Roberto Machado ficou feliz com o sucesso da festa junina. “ É bom receber todo esse carinho dos pacientes. Isso mostra que o nosso trabalho está dando resultado. Além dos ganhos físicos, muitos idosos também estão com autoestima elevada”, comemorou Roberto.

O estudante que se forma esse ano já pensa em trabalhar com comunidades carentes fora da faculdade. “ Estamos pensando em levar um projeto para o bairro de Águas Lindas, em Ananindeua”, disse ele.

Dona Fabiana Silva Barros, 70 anos, era só felicidade na festa. Ela e o irmão que é cadeirante participam do projeto da Esamaz há cinco meses. “ O tratamento fez muito bem para nossa sáude. E essa festa está ótima, do jeito que eu gosto”, disse a aposentada.

Galeria de Imagens