Confira as vantagens de investir em uma Segunda Graduação

  • Publicado em 21/12/2017
  • Notícias Diversas
  • 363

Em meio as mudanças no mercado de trabalho, estar antenado nas novas tendências é fundamental para quem almeja novos cargos ou até mesmo crescimento salarial. Para conseguir alcançar novos objetivos é necessário investir em conhecimento, pois ter mais de uma graduação valoriza o profissional que pode convergir habilidades no mercado de trabalho. 

Em alguns casos, é comum que a falta de identificação com a primeira formação desperte no profissional o desejo de adquirir um novo diploma. Em outros, a experiência de vivenciar uma segunda graduação pode ser o complemento de conhecimentos já adquiridos, bem como aumento da competitividade no mercado de trabalho.

Na entrevista concedida ao site Guia do Estudante, a Especialista em Psicopedagogia, Viviane Tetu, destaca que "É sempre bom fazer uma reflexão sobre o caminho que você escolheu, ainda mais porque a maioria dos jovens escolhe sua carreira universitária muito cedo, sem conhecê-la tão bem", diz

Conhecimento técnico é necessário

Se você tem uma formação mais generalista e deseja se especializar em uma área, a primeira opção deve ser sempre uma pós-graduação, na opinião de Viviane Tetu, entretanto, se você precisa de um complemento técnico na sua formação, outro curso de graduação pode se fazer necessário. O novo diploma também pode ser uma exigência legal, no caso de profissões regulamentadas por conselhos, que só podem ser exercidas por quem é formado na área.

Segundo plano

Até profissionais satisfeitos e bem estabelecidos em suas carreiras podem considerar um retorno à faculdade. O objetivo, nesse caso, é fazer um investimento de longo prazo. De acordo com Viviane Tetu, são muitos os executivos que, embora bem-sucedidos, estão interessados em "pavimentar" um caminho profissional alternativo para o futuro e que pode exigir um diploma específico.

A Esamaz abriu o processo de Transferência Externa e Segunda Graduação. O Requerimento poderá ser protocolado no período de 10 de novembro de 2017 a 31 de janeiro de 2018. Não perca tempo, inscreva-se: https://goo.gl/6GmC8A 

Com informações do Guia do Estudante