Alunos de Enfermagem da Esamaz realizam programação pelo Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

  • Publicado em 10/09/2018
  • Notícias Enfermagem
  • 481

A cada 40 segundos uma pessoa se suicida no mundo. São 800 mil homicídios por ano segundo dados da Organização Mundial de Saúde. No Brasil, foram registrados quase 61 mil homicídios entre os anos de 2011 e 2016. 62% das vítimas morreram por enforcamento. Esse grave problema de saúde pública está sendo discutido em uma rodada de palestras organizadas por acadêmicos do curso de Enfermagem nesta segunda-feira, dia 10, no auditório da Esamaz-polo Municipalidade, em Belém. 
A psicóloga Marilda Couto, que também é professora da Esamaz, foi a primeira palestrante do dia. Segundo ela, a maioria dos homicídios estão diretamente ligados com os casos de depressão. Os sinais principais que antecedem essa situação são: tristeza, falta de energia para viver, perdas recentes, transtorno bipolar, entre outros fatores. “ Em geral o suicídio é anunciado de alguma forma, dificilmente ele é silencioso, o que acontece é que a gente presta muita atenção nas mensagens. Ai está a importância de eventos como esse que falam sobre esse tema”, disse ela.
Ainda segundo a psicóloga, uma grande parte da população ainda não acredita que a depressão seja uma doença. “ Temos que perceber as mudanças de comportamento das pessoas que estão ao nosso redor, principalmente os jovens e pessoas acima de 60 anos”, explicou Marilda.
A melhor forma de prevenção do suicídio é procurar ajuda profissional, através de psicólogos e psiquiatras. “Isso é um risco de vida. A pessoa precisa de um tratamento sério”, disse a palestrante. Ela alertou que existem espaços públicos que acolhem essas pessoas, através dos CAPES (Centro de Atenção Psicossocial). Só em Belém existem 9 unidades.
A outra palestra da manhã foi da enfermeira Cristina Maia, que é especialista em UTI. Ela falou sobre a prevenção do suicídio entre crianças e adolescentes e explicou como é feito esse trabalho na rede pública de saúde.
A noite haverá uma redonda com profissionais de enfermagem, medicina e psicologia. E palestras com o Dr. Michael Lopes- Clínico Geral (Especialista em Diabetes e Cirurgião Especialista em Pediatria Urgencista) e Marcus Augusto Nascimento de Sousa, Graduado em Educação Física(UFPA), com Especialização em Performance do Treinamento Desportivo pela Universidade Gama Filho.
Esse evento, organizado por alunos do 2º,3º e 4º semestres de Enfermagem, faz parte da programação Setembro Amarelo na Esamaz, que é o mês dedicado à prevenção do suicídio. Hoje dia 10 é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.

Christian Emanoel/ Assessor de Imprensa-Esamaz

Galeria de Imagens