15 de agosto, Adesão do Pará

  • Publicado em 15/08/2019
  • Notícias Diversas
  • 30

15 de agosto de 1823. A província do Grão-Pará se declara fiel ao Brasil. Havia se passado um ano desde que o Brasil proclamou a Independência de Portugal, mas a província do Grão-Pará permanecia ligada a Portugal, mesmo após o retorno da Corte portuguesa para Lisboa. Era momento de a província decidir se manteria aliança com o Brasil, ou se permaneceria ligada a Portugal.

Para conseguir a adesão, Dom Pedro I enviou tropas à província do Grão Pará no dia 11 de agosto daquele ano e, ao comando do almirante John Grenfell, chegou aos governantes do Estado um documento informando que uma esquadra, que estaria em Salinas, estava pronta para bloquear o acesso ao porto da capital caso fossem contrários à adesão, isso isolaria a Província do restante do Brasil.

Acreditando na falsa informação, os governantes aceitaram e proclamaram a adesão ao Brasil. Quatro dias mais tarde, no dia 15 de agosto de 1823, foi assinado o documento que oficializava a adesão do Pará, isso ocorreu após uma assembleia no Palácio Lauro Sodré.

Muitos paraenses não aceitaram a adesão, o que provocou muitas revoltas populares, com a tragédia do Brigue Palhaço e a revolta da Cabanagem. Sendo a data um marco na história dos paraenses, há 18 anos foi criado o feriado para celebrar a adesão do Pará, por um projeto de Lei do então deputado estadual Zeno Veloso.

A Esamaz reconhece o valor desses momentos históricos do nosso estado e deseja que essa data seja de reflexão sobre o nosso papel como perpetuador e agente da nossa cultura e da nossa história.

Bom feriado!